8.9.09

 

Hoje são as roupinhas, o quartinho decorado, os planos para o futuro, a alegria de toda a família. Amanhã, o vazio. A dor de quem perde um bebê em plena gestação é um sentimento vivido a quatro paredes. Raras sãs as mulheres que querem dividí-lo, a não ser com as pessoas mais próximas. O que pode fazê-lo doer ainda mais. É o que acredita a professora portuguesa Maria Manuela Pontes. Ela resolveu dar voz às mulheres que perderam seu bebês em Maternidade interrompida - O drama da perda gestacional, que está sendo lançado este mês no Brasil pela Editora Ágora. O livro traz depoimentos emocionados de mulheres que viveram esta situação. Manuela também fundou, há oito anos, em Portugal, o Projeto Artémis, uma ONG que dá apoio psicológico e aconselhamentos para quem perdeu o bebê num aborto espontâneo. Para ela, que iniciou o projeto após duas perdas gestacionais, em 1999 e 2000, o tema é pouco divulgado. “É um tabu que deve ser quebrado para ajudar as mulheres a lidar melhor com a dor - e também com a vergonha e a culpa que emergem deste acontecimento”, afirma.

A autora, hoje mãe de Vitória, sete anos, e Mateus, três anos, falou ao Mulher 7×7:

 

link do postPor projectoartemis, às 22:25  comentar

 
Espaço de partilha com objectivo de diminuir a falta de informação técnica e emocional a mulheres que vivenciam o luto da perda de um bebé ao longo da gravidez, bem como quebrar o Pacto de Silêncio resultante de todo esse processo de luto na Perda Gestacional.
Envie a sua questão
Este consultório online é um espaço onde pode colocar as suas dúvidas no âmbito da Perda Gestacional. Este Consultório tem um carácter informativo e o acompanhamento médico especializado por parte dos leitores não deve ser descuidado.

E-mail: projectoartemis@sapo.pt

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape
Direcção APA
projectoartemis Sandra Cunha, Psicóloga desde 2005 da Associação Projecto Artémis, tem vindo a desenvolver o seu trabalho desde essa data na área da Perda Gestacional. Em paralelo, acompanhou Manuela Pontes na Direcção da Artémis como Vice Presidente. Desde Junho de 2011 está como Presidente da Associação Projecto Artémis, procurando quebrar o silêncio, alienado o seu conhecimento técnico com o da realidade da perda de um filho. Perdeu um bebé em 2007, após 2 anos de trabalho como psicóloga da Artémis, o que lhe permitiu reunir à técnica o conhecimento árdua de ter vivido na pele a perda de um filho.

Contacto:
Telefone:938633707
E-mail: projectoartemis@sapo.pt
Site: www.facebook.com/associacaoartemis

Orgão Sociais
Direcção:
Presidente - Sandra Cunha
Vice Presidente - Patrícia Vilas Boas
Secretária - Andreia Neves
Tesoureira - Susana Rodrigues
Vogal - Marco Jesus
Assembleia Geral:
Presidente - Anabela Costa
1ª Secretária - Vanessa Mack
2ª Secretária - Sílvia Melo
Conselho Fiscal:
Presidente - Ricardo Fortuna
Vogal - Mónica Cunha
Vogal - Manuel Vilas Boas
Setembro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


arquivos
blogs SAPO