8.11.09

 
 
Bom dia.
Gostaria que me pudessem ajudar sobre o seguinte:
A minha irmã esta gravida de 8 semanas, esta semana foi fazer uma ecografia, recomendada pelo medico pois tem 36 anos, e descobriu-se que esteve gravida de gemeos.
Um dos fectos com 9mm ja estava morto, o outro com 14mm, pelo o q o medico disse esta a ser uma gravidez evolutiva.
Gostaria de saber se isto interfere no cresciemnto do fecto que sobreviveu? se o mais provavel e um aborto espontaneo deste bebe? sites que falem deste sindrome?
Qualquer coisa que a ajude a passar este dificil momento.

Obrigada
 
 
Olá, boa noite,
As gravidezes gemelares com paragem evolutiva de um dos fetos são relativamente frequentes. Quando este tipo de morte fetal não está relacionado com problemas genéticos (principalmente em gravidezes monocoriónicas), estudos indicam que uma causa possa ser a competição entre fetos e stress intra-uterino.
Quanto à questão colocada, se estiver tudo bem com o feto que está evoluir (se não apresentar sinais anormais), pode evoluir normalmente e isto é muito frequente. Quanto ao outro feto, podem acontecer várias coisas… Pode necessitar de uma pequena intervenção médica para retirar todo o material, ou pode não necessitar e este ser eliminado internamente pelo organismo ou expelido naturalmente. O seu médico com certeza irá avaliar a situação e indicar o melhor caminho a seguir.
Existem muitas gravidezes gemelares em que um dos fetos não evolui e que a mulher nem sabe que esteve grávida de gémeos. Muitas das vezes, só mais tarde em algum tipo de exame (ou numa gravidez seguinte) é encontrado material genético desse feto não evolutivo.
Drª Ana Azevedo - Geneticista

link do postPor projectoartemis, às 14:12  comentar

 
Espaço de partilha com objectivo de diminuir a falta de informação técnica e emocional a mulheres que vivenciam o luto da perda de um bebé ao longo da gravidez, bem como quebrar o Pacto de Silêncio resultante de todo esse processo de luto na Perda Gestacional.
Envie a sua questão
Este consultório online é um espaço onde pode colocar as suas dúvidas no âmbito da Perda Gestacional. Este Consultório tem um carácter informativo e o acompanhamento médico especializado por parte dos leitores não deve ser descuidado.

E-mail: projectoartemis@sapo.pt

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape
Direcção APA
projectoartemis Sandra Cunha, Psicóloga desde 2005 da Associação Projecto Artémis, tem vindo a desenvolver o seu trabalho desde essa data na área da Perda Gestacional. Em paralelo, acompanhou Manuela Pontes na Direcção da Artémis como Vice Presidente. Desde Junho de 2011 está como Presidente da Associação Projecto Artémis, procurando quebrar o silêncio, alienado o seu conhecimento técnico com o da realidade da perda de um filho. Perdeu um bebé em 2007, após 2 anos de trabalho como psicóloga da Artémis, o que lhe permitiu reunir à técnica o conhecimento árdua de ter vivido na pele a perda de um filho.

Contacto:
Telefone:938633707
E-mail: projectoartemis@sapo.pt
Site: www.facebook.com/associacaoartemis

Orgão Sociais
Direcção:
Presidente - Sandra Cunha
Vice Presidente - Patrícia Vilas Boas
Secretária - Andreia Neves
Tesoureira - Susana Rodrigues
Vogal - Marco Jesus
Assembleia Geral:
Presidente - Anabela Costa
1ª Secretária - Vanessa Mack
2ª Secretária - Sílvia Melo
Conselho Fiscal:
Presidente - Ricardo Fortuna
Vogal - Mónica Cunha
Vogal - Manuel Vilas Boas
Novembro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20

22
23
24
25
26
27
28

29
30


arquivos
blogs SAPO