Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Gravidez anembrionária

Sábado, 15.08.09
 
 
 
Passei por esta gravidez sem embrião.
Por ser um erro genético pergunto:existe algum exame que eu e meu marido possamos fazer para sabermos se somos compatíveis geneticamente?
Eu já tenho um filho de 5 anos do primeiro casamento, ele tem 43 anos  e nunca foi pai.
Eu enho 39 anos.
O medo de que aconteça de novo, ou que a próxima gravidez possa gerar um feto com problemas genéticos é valido?
 
Obrigada
ana luiza

 

 

 

Cara Ana,

Existe um exame que avalia a compatibiliade do casal, através de uma recolha sanguínea - O chamado Cariótipo Genético. É um exame algo dispendioso, o que seria importante ser realizado pela consulta do médico hospitalar. No entanto, só após 3 perdas consecutivas é que o protocolo hospitalar lhe poderá, eventualmente, prescrever esse exame. Se decidir realizá-lo de forma particular, tenha presente que não é um exame comparticipado pelo sistema nacional de saúde.

Num primeiro abortamento espontâneo, na maioria dos casos, a razão é um acidente genético isolado, que não se repetirá. O resultado do exame poderá confirmar isto.

Muita força.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Associação Projecto Artémis® às 11:27


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Agosto 2009

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031


Espaço de partilha com objectivo de diminuir a falta de informação técnica e emocional a mulheres que vivenciam o luto da perda de um bebé ao longo da gravidez, bem como quebrar o Pacto de Silêncio resultante de todo esse processo de luto na Perda Gestacional.

Direcção A-PA

projectoartemis Sandra Cunha, Psicóloga desde 2005 da Associação Projecto Artémis, tem vindo a desenvolver o seu trabalho desde essa data na área da Perda Gestacional. Em paralelo, acompanhou Manuela Pontes na Direcção da Artémis como Vice Presidente. Desde Junho de 2011 está como Presidente da Associação Projecto Artémis, procurando quebrar o silêncio, alienado o seu conhecimento técnico com o da realidade da perda de um filho. Perdeu um bebé em 2007, após 2 anos de trabalho como psicóloga da Artémis, o que lhe permitiu reunir à técnica o conhecimento árdua de ter vivido na pele a perda de um filho.

Contacto:
Telefone:938633707
E-mail: associacaoprojectoartemis@gmail.com
Site: www.facebook.com/associacaoartemis