Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



H1N1 e morte fetal

Sábado, 21.11.09

 

Os últimos acontecimentos relacionados à vacina H1N1 (gripe A) e a as mortes fetais ocorridas, têm provocado em mim vários sentimentos contraditórios, mas sobretudo uma enorme consternação por perceber que o papel da comunicação social não é, de todo, o mais esclarecedor, provocando, inclusive, o pânico e o alarmismo ao redor de um assunto que existe há muitos anos: morte fetal.

Todos os dias morrem bebés, todos os dias se verificam em Portugal mortes fetais e que me desculpem, mais uma vez os mídia, mas são muitas mais que 1 por dia.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por projectoartemis às 15:57

Sindrome de Gémeo desaparecido

Domingo, 08.11.09

 
 
Bom dia.
Gostaria que me pudessem ajudar sobre o seguinte:
A minha irmã esta gravida de 8 semanas, esta semana foi fazer uma ecografia, recomendada pelo medico pois tem 36 anos, e descobriu-se que esteve gravida de gemeos.
Um dos fectos com 9mm ja estava morto, o outro com 14mm, pelo o q o medico disse esta a ser uma gravidez evolutiva.
Gostaria de saber se isto interfere no cresciemnto do fecto que sobreviveu? se o mais provavel e um aborto espontaneo deste bebe? sites que falem deste sindrome?
Qualquer coisa que a ajude a passar este dificil momento.

Obrigada
 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por projectoartemis às 14:12

"O mano tinha ido para o Céu"

Domingo, 01.11.09

 

Eu gostaria de colocar a minha historia no blog.

Tenho 24 anos e já tenho uma filha de 5 anos. Na gravidez dela tive alguns problemas, descobri que tinha hipertensão crónica e aos 7 meses diabetes gestacional, por isso, tive uma gravidez de alto risco, mas acabou por correr tudo bem, embora a Débora tenha nascido às 33 semanas e tenha ficado internada quase 1 mês, mas graças a Deus correu tudo bem. Como ela já andava a pedir um irmão, resolvi que era uma boa altura para mandar vir um bebé e comecei os treinos em Outubro de 2008 e em Novembro abortei sem mesmo até saber que estava grávida, foi muito doloroso, mas não desisti e assim que passou todo aquele mau momento, no mês seguinte, em Dezembro, engravidei, fiquei muito feliz ,mas com algum medo e às 8 semanas o pior aconteceu, tive um aborto espontâneo,foi horrível ver o feto, pois na altura ocorreu em casa.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por projectoartemis às 11:10





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Novembro 2009

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930


Espaço de partilha com objectivo de diminuir a falta de informação técnica e emocional a mulheres que vivenciam o luto da perda de um bebé ao longo da gravidez, bem como quebrar o Pacto de Silêncio resultante de todo esse processo de luto na Perda Gestacional.

Direcção APA

projectoartemis Sandra Cunha, Psicóloga desde 2005 da Associação Projecto Artémis, tem vindo a desenvolver o seu trabalho desde essa data na área da Perda Gestacional. Em paralelo, acompanhou Manuela Pontes na Direcção da Artémis como Vice Presidente. Desde Junho de 2011 está como Presidente da Associação Projecto Artémis, procurando quebrar o silêncio, alienado o seu conhecimento técnico com o da realidade da perda de um filho. Perdeu um bebé em 2007, após 2 anos de trabalho como psicóloga da Artémis, o que lhe permitiu reunir à técnica o conhecimento árdua de ter vivido na pele a perda de um filho.

Contacto:
Telefone:938633707
E-mail: projectoartemis@sapo.pt
Site: www.facebook.com/associacaoartemis