Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



"O mano tinha ido para o Céu"

Domingo, 01.11.09

 

Eu gostaria de colocar a minha historia no blog.

Tenho 24 anos e já tenho uma filha de 5 anos. Na gravidez dela tive alguns problemas, descobri que tinha hipertensão crónica e aos 7 meses diabetes gestacional, por isso, tive uma gravidez de alto risco, mas acabou por correr tudo bem, embora a Débora tenha nascido às 33 semanas e tenha ficado internada quase 1 mês, mas graças a Deus correu tudo bem. Como ela já andava a pedir um irmão, resolvi que era uma boa altura para mandar vir um bebé e comecei os treinos em Outubro de 2008 e em Novembro abortei sem mesmo até saber que estava grávida, foi muito doloroso, mas não desisti e assim que passou todo aquele mau momento, no mês seguinte, em Dezembro, engravidei, fiquei muito feliz ,mas com algum medo e às 8 semanas o pior aconteceu, tive um aborto espontâneo,foi horrível ver o feto, pois na altura ocorreu em casa.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Associação Projecto Artémis® às 11:10






Espaço de partilha com objectivo de diminuir a falta de informação técnica e emocional a mulheres que vivenciam o luto da perda de um bebé ao longo da gravidez, bem como quebrar o Pacto de Silêncio resultante de todo esse processo de luto na Perda Gestacional.


Direcção A-PA

projectoartemis Sandra Cunha, Psicóloga desde 2005 da Associação Projecto Artémis, tem vindo a desenvolver o seu trabalho desde essa data na área da Perda Gestacional. Desde Junho de 2011 está como Presidente da Associação Projecto Artémis, procurando quebrar o silêncio, alienado o seu conhecimento técnico com o da realidade da perda de um filho. Perdeu um bebé em 2007, após 2 anos de trabalho como psicóloga da Artémis, o que lhe permitiu reunir à técnica o conhecimento árdua de ter vivido na pele a perda de um filho.

Contacto:
Telefone:937413626
E-mail: associacaoprojectoartemis@gmail.com
Site: www.facebook.com/associacaoartemis