Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Ainda há revoluções por fazer!

Domingo, 07.03.10


 


"O dia internacional da mulher é um dia em que prestamos homenagem às mulheres. É uma mensagem ao mundo todo. O dia da mulher é uma homenagem às mulheres que lutaram e ainda lutam pelos direitos igualitários. No decorrer da história da humanidade, muitas mulheres desejaram, buscaram, lutaram e em muitos casos foram punidas por desejarem igualdade. Às vezes a mulher foi ouvida, mas infelizmente, muitas vezes ela fora silenciada."
In uniflores.com


Vamos começar pelo fim desta citação - muitas vezes ela fora silenciada - a mim parece-me intemporal no que respeita à problemática da Perda Gestacional. O silêncio ou a impossibilidade de não nos permitirem falar é brutal nesta sociedade. Um exemplo disso, foi agora a tentativa de estarmos a realizar uma campanha de sensibilização em dois locais públicos, especificamente na cidade de Braga, que passo inclusive a citá-los: BragaParque e MinhoCenter.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Associação Projecto Artémis® às 17:29






Espaço de partilha com objectivo de diminuir a falta de informação técnica e emocional a mulheres que vivenciam o luto da perda de um bebé ao longo da gravidez, bem como quebrar o Pacto de Silêncio resultante de todo esse processo de luto na Perda Gestacional.


Direcção A-PA

projectoartemis Sandra Cunha, Psicóloga desde 2005 da Associação Projecto Artémis, tem vindo a desenvolver o seu trabalho desde essa data na área da Perda Gestacional. Desde Junho de 2011 está como Presidente da Associação Projecto Artémis, procurando quebrar o silêncio, alienado o seu conhecimento técnico com o da realidade da perda de um filho. Perdeu um bebé em 2007, após 2 anos de trabalho como psicóloga da Artémis, o que lhe permitiu reunir à técnica o conhecimento árdua de ter vivido na pele a perda de um filho.

Contacto:
Telefone:937413626
E-mail: associacaoprojectoartemis@gmail.com
Site: www.facebook.com/associacaoartemis