Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



"Dói o corpo e dói a alma" - Testemunho Ana Ferreira

Quinta-feira, 22.06.17

18789969_1350508651722718_1962807673_o.jpg

 

"O aborto é um tema sensível. Tabu. Algumas mulheres até nem se apercebem que passaram por isso, porque muitos acontecem as 3 ou 4 semanas... Especializei me no assunto... infelizmente. Em 6 meses tive 2. 2 num grau avançado de sofrimento. Este segundo foi mais complicado na dor física, o primeiro mais difícil de ultrapassar na dor da alma. Quando não temos ainda filhos pensamos em coisas como a infertilidade. Quando já temos pensamos em doenças graves. Queremos à força ter um problema. Decidi hoje escrever sobre isto não para falar sem nenhuma intenção. Decidi escrever porque sei que mais mulheres passaram por isto e não tiveram nenhum apoio a não ser Deus e elas próprias. Porque nós temos a mania que somos muito fortes e não precisamos de ninguém. Eu só consigo ultrapassar o que de mau se passa comigo graças a Ele. Deus ajuda me a encontrar maneiras diferentes. Neste momento preparo uma proposta para que o hospital da luz organize uma palestra sobre o tema. Há cerca de 15 casos por dia. Dói. Dói o corpo e dói a alma. Para umas é só um acidente de percurso, para outras é perder um filho que nunca se chegou a embalar... É como se ele tivesse estado em sofrimento e nós, mães, incapazes de lhes dar um carinho que precisam. Eu tenho a sorte de ter uma médica incrível. Que me descansa, que nunca deixou de me atender o telefone, que nunca deixou de me responder a nada, mesmo que seja a pergunta mais estúpida. Mas ela não consegue uma coisa: curar me a alma. Isso só eu irei conseguir... um dia, talvez. Confiem. Como diz uma amiga minha, Deus escreve direito por linhas tortas e as vezes dificulta mais e escreve também em estrangeiro. Mas nós chegamos lá.

 

Ana Ferreira"

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por projectoartemis às 10:41





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Junho 2017

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930


Espaço de partilha com objectivo de diminuir a falta de informação técnica e emocional a mulheres que vivenciam o luto da perda de um bebé ao longo da gravidez, bem como quebrar o Pacto de Silêncio resultante de todo esse processo de luto na Perda Gestacional.

Direcção APA

projectoartemis Sandra Cunha, Psicóloga desde 2005 da Associação Projecto Artémis, tem vindo a desenvolver o seu trabalho desde essa data na área da Perda Gestacional. Em paralelo, acompanhou Manuela Pontes na Direcção da Artémis como Vice Presidente. Desde Junho de 2011 está como Presidente da Associação Projecto Artémis, procurando quebrar o silêncio, alienado o seu conhecimento técnico com o da realidade da perda de um filho. Perdeu um bebé em 2007, após 2 anos de trabalho como psicóloga da Artémis, o que lhe permitiu reunir à técnica o conhecimento árdua de ter vivido na pele a perda de um filho.

Contacto:
Telefone:938633707
E-mail: projectoartemis@sapo.pt
Site: www.facebook.com/associacaoartemis