Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Processo emocional durante a Perda Gestacional

Sexta-feira, 06.08.21

beijo.jfif

"Muito antes do nascimento, existe uma forte união, a mãe sente o seu filho como fazendo parte de si e partilhando consigo uma história recheada de experiências e momentos únicos, vividos a um nível íntimo e exclusivo. O pai por sua vez experiência esta ligação de uma forma externa, mas intensamente cheia de amor e expectativas.

A ligação afectiva é fortalecida ao longo da gravidez em particular a partir do segundo trimestre, altura em que os movimentos fetais começam a ser percebidos.
Por vezes a gravidez não corre bem e surge um aborto espontâneo. A impossibilidade de conhecer um bebé que se amou muito pode ser um evento extremamente complicado para a mãe, pai e a família. Quando ocorre a perda de um bebé, surge um período de dor e sofrimento que mãe e pai irão procurar ultrapassar. A perda de um filho é um processo de traumático ligado á perda de um objecto de amor.
Enfrentar e ultrapassar uma perda gestacional é uma tarefa que coloca em causa o equilíbrio psicossomático da mulher e muitas vezes também do homem. A maioria das mulheres que sofre uma perda gestacional consegue ultrapassar a perda, sem sofrer de perturbações psicológicas associadas. Mas esta perda pode ser bastante traumatizante, gerando perturbações psicológicas como a depressão e a ansiedade.
As mulheres que sofreram uma perda gestacional são consideradas um grupo de risco e devem ser acompanhadas se existirem indícios de sequelas psicológicas dessa perda. Os pais tendem a trabalhar as suas emoções mais silenciosamente, contudo é necessário também estarmos atentos. Alguns dos sintomas apresentados anteriormente são normais no período inicial e fazem parte do processo natural de luto. No entanto, alguns destes sintomas permanecem durante muito tempo, afetando ou comprometendo o regresso à vida normal. Algumas mulheres sentem que jamais poderão ultrapassar a perda."
 
Sandra Cunha
Psicóloga A-PA
 
Se precisar de ajuda contacte-nos
📲 937413626
📧 associacaoprojectoartemis@gmail.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Associação Projecto Artémis® às 10:16

Serviços de psicologia A-PA

Sexta-feira, 06.08.21
O Projecto Artémis® disponibiliza para os seus associad@s e não associad@s serviços de psicologia.
Para mais informações contactar diretamente o departamento de psicologia
📧 apoiopsicologico.artemis@gmail.com
📞 937413626

apoio psicologico.jpg

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Associação Projecto Artémis® às 10:14





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Agosto 2021

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031



Espaço de partilha com objectivo de diminuir a falta de informação técnica e emocional a mulheres que vivenciam o luto da perda de um bebé ao longo da gravidez, bem como quebrar o Pacto de Silêncio resultante de todo esse processo de luto na Perda Gestacional.


Direcção A-PA

projectoartemis Sandra Cunha, Psicóloga desde 2005 da Associação Projecto Artémis, tem vindo a desenvolver o seu trabalho desde essa data na área da Perda Gestacional. Desde Junho de 2011 está como Presidente da Associação Projecto Artémis, procurando quebrar o silêncio, alienado o seu conhecimento técnico com o da realidade da perda de um filho. Perdeu um bebé em 2007, após 2 anos de trabalho como psicóloga da Artémis, o que lhe permitiu reunir à técnica o conhecimento árdua de ter vivido na pele a perda de um filho.

Contacto:
Telefone:937413626
E-mail: associacaoprojectoartemis@gmail.com
Site: www.facebook.com/associacaoartemis