Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Injecção versus Expulsão

Segunda-feira, 27.04.09

 

Escrevo este mail, porque me sinto perdida, confusa e bastante angustiada ... Em 8 de Abril descobri que estava gravida, em 21 de Abril, tive a maior tristeza da minha vida quando na 1ª eco a médica me informou que devia estar a ter uma gravidez não evolutiva.

No dia 23, comecei a ter perdas de sangue e nas urgências do hospital não me deram mais esperanças e marcaram-me uma curetagem para hoje dia 27 (se se mantivesse a perda de sangue).
 
Hoje, a custo lá fui, o obstreta que me viu, disse-me que tinha outra opção para além da curetagem. Uma injecção que me deve ajudar a "expulsar tudo". Não sei bem pq (não sei se foi sentimento de culpa) acabei por optar pela injecção.
O médico mando-me voltar ao hospital dia 7 de Maio para observação. Mandou-me ir em jejum, pq podia ser necesário fazer uma curetagem caso não "expulse tudo".
 

A minha questão é, sendo hoje dia 27 de Abril ( dia em que levei a injecção), não é muito tempo  (7 de Maio) para voltar a ser observada ?
A minha GO está ausente, não sei mais a quem perguntar.
 
Agradeço desde já a vossa atenção e quero felicitar os responsáveis por este projecto tão nobre e que me tem dando tanta força.
 
Muito obrigada!

Soraya Ferreira

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Associação Projecto Artémis® às 22:25





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Abril 2021

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930


Espaço de partilha com objectivo de diminuir a falta de informação técnica e emocional a mulheres que vivenciam o luto da perda de um bebé ao longo da gravidez, bem como quebrar o Pacto de Silêncio resultante de todo esse processo de luto na Perda Gestacional.

Direcção A-PA

projectoartemis Sandra Cunha, Psicóloga desde 2005 da Associação Projecto Artémis, tem vindo a desenvolver o seu trabalho desde essa data na área da Perda Gestacional. Em paralelo, acompanhou Manuela Pontes na Direcção da Artémis como Vice Presidente. Desde Junho de 2011 está como Presidente da Associação Projecto Artémis, procurando quebrar o silêncio, alienado o seu conhecimento técnico com o da realidade da perda de um filho. Perdeu um bebé em 2007, após 2 anos de trabalho como psicóloga da Artémis, o que lhe permitiu reunir à técnica o conhecimento árdua de ter vivido na pele a perda de um filho.

Contacto:
Telefone:938633707
E-mail: associacaoprojectoartemis@gmail.com
Site: www.facebook.com/associacaoartemis